Carregar - Frossard Rasseli Odontologia

Blog

O que devemos saber sobre o Escurecimento dos dentes e as Técnicas de Clareamento?

o-que-devemos-saber-sobre-o-escurecimento-dos-dentes

Olá! Eu sou a Drª Andressa Frossard Rasseli, do Consultório Frossard Rasseli Odontologia, localizado em Vila Velha no Espírito Santo. A Minha motivação para criar este blog vem do interesse que tenho pelas novas ferramentas da internet e o desejo de compartilhar as experiências de todos estes anos em que venho trabalhando nesta área apaixonante que é a Odontologia. Demorei em materializar este projeto por conta do intenso trabalho que realizo no consultório, mas a pedido dos meus pacientes e de colegas dentistas, resolvi por fim encarar o desafio. Espero que vocês gostem e que, principalmente, participem. Este espaço é, acima de tudo, colaborativo e aberto a opiniões e troca de informações.

Neste primeiro Post vou falar um pouco sobre uma das áreas da Odontologia que mais vem crescendo nas últimas décadas: a Estética, em concreto o caso do Clareamento dental. Ele nada mais é que uma técnica que torna os dentes mais brancos sem que seja necessário desgastá-los. Isso é conseqüência de um processo de oxidação dos pigmentos dos dentes. O produto usado, quando entra em contato com a superfície do dente, libera moléculas que provocam a descoloração.

Você sabia que a técnica de clareamento dental é conhecida desde o antigo Egito quando utilizavam abrasivos misturados ao vinagre com o objetivo de obter o branqueamento dos dentes? Os romanos passaram a usar urina para o mesmo fim, sendo esta prática difundida pelos países europeus até o século XVIII. Já imaginou?!

Mas por que os nossos dentes ficam escuros? Pesquisas constataram que vários fatores fazem com que nossos dentes escureçam. Os maiores vilões são os produtos que ingerimos. Podemos citar o Café que tomamos pela manhã ao acordar, a Coca Cola e até aquele Vinho da sexta feira à noite. Estes são apenas alguns dos alimentos que escurecem os dentes. Produtos que contém corantes são potencialmente causadores do problema. Mas a ingestão não é a única causa. Fatores que são alheios ao nosso controle também contribuem com o escurecimento. O envelhecimento e a utilização de alguns antibióticos (usados na infância) causam este tipo de problema. Fumar também não ajuda; além de ser um péssimo hábito para a saúde, causa mau hálito e escurecimento dental. Foi constatado que a ingestão elevada de flúor durante o período de formação dos dentes produz manchas nos mesmos. Pancadas ou traumas também podem fazer com que eles percam a coloração original.

Agora que sabemos algumas das razões do escurecimento, nos perguntamos o que fazer para trazer de volta aquele branco dos dentes. O seu dentista pode recomendar dois tipos de tratamentos: realizado no próprio consultório ou em casa. No primeiro caso, o agente clareador é aplicado sobre os dentes e uma “luz” de led ou laser é usada para ativar o processo químico. Cada sessão dura de 30 a 45 minutos e a quantidade de sessões varia de pessoa para pessoa. No caso do tratamento em casa, o dentista confecciona uma “moldeira” que se ajusta perfeitamente à boca. Nela é aplicado o gel clareador. O tratamento é habitualmente feito durante a noite, mas também pode se realizado durante o dia caso o paciente não se habitue a utilizar a moldeira à noite. O dentista normalmente orienta o uso todos os dias ou em dias alternados durante uma a quatro semanas. Há casos que exigem um tratamento conjunto/misto, ou seja, sessões no consultório e a colocação da “moldeira” em casa.

É preciso procurar seu dentista para saber que tratamento seria mais indicado para, além do efeito clareador, conseguir a máxima preservação e integridade da saúde bucal. Não é demais lembrar que o uso de agentes clareadores sem o acompanhamento de um profissional pode vir a causar queimaduras na mucosa da boca, na gengiva e etc.

Espero que tenham gostado. Abraços e até o próximo post.

Drª Andressa Frossard Rasseli
Cirurgiã Dentista CRO-ES 5088